sexta-feira, 19 de Setembro de 2014

quarta-feira, 17 de Setembro de 2014

Prefiro aplaudir assim

Durante o dia de hoje fomos brindados com inúmeras declarações da grandiosidade dos adeptos vermelhos, por aplaudirem prolongadamente a derrota por 0-2.

Pois tenho a dizer que prefiro aplaudir as vitórias, os golos, os títulos!
E tenho-me desgastado muitos com tantos aplausos, nas últimas DÉCADAS!
E hoje foi mais um dia muito cansativo…

Agradeço ao Lopetegui o esforço para fazer descansar os adeptos, tirando de campo todos aqueles patifes que insistiam em marcar golos. Se assim não fosse, teríamos precisado de assistência médica…

O Brahimi deve ser severamente castigado!



segunda-feira, 15 de Setembro de 2014

domingo, 14 de Setembro de 2014

Guimarães



1.
Arbitragem habilidosa.
Muitos pequenos lances assinalados sem existirem, e a grande maioria contra nós.
E três lances de grande importância mal julgados:
- Brahimi puxado na 1ª parte, dentro da área, no lance em que vai isolado e acaba por rematar em esforço contra o guarda-redes
- Mão do defesa do Guimarães dentro da área
- Golo do FC Porto anulado por fora de jogo inexistente
Está feito o 1º arranjinho vermelho da época.
E na jornada em que os vermelhos beneficiaram do assinalar de fora-de-jogo, num lance de golo feito do Setúbal, para o empate nesse jogo.

2.
Mesmo com esta arbitragem, fomos superiores ao Guimarães.
E tivemos oportunidades para marcar um segundo golo.
No entanto, a nossa equipa ainda não atingiu um patamar de alta qualidade exibicional.
Já estabilizamos defensivamente.
E agora temos de nos libertar e entrosar no ataque, e rematar mais e melhor.
Lopetegui tem colocado um meio-campo sem um criativo. Casimiro, Ruben e Herrera são muito bons, são trabalhadores, mas precisamos que um desses três seja o cérebro da equipa, aquele que procura a bola e sabe como criar uma jogada perigosa.
Jogadores para isso temos, felizmente. Evandro e Brahimi (Quintero se melhorar, hoje esteve mal) parece que podem entrar ali já. E Óliver quando voltar.
E para extremos temos Tello, Quaresma, Ricardo.
Enfim, precisamos melhorar o ataque.
Conto estarmos já em bom plano no fim do mês, ou primeira semana de Outubro.

3.
SIC e TVI dizem “jogo interrompido por confrontos entre adeptos”, de onde se retira que vimaranenses e portistas andaram em confronto, claramente para sujar o nome dos portistas, pois onde se desenrolaram os confrontos não havia ninguém do FC Porto. A frase correta seria "confrontos entre adeptos do Vitória de Guimarães e a policia". 

quinta-feira, 11 de Setembro de 2014

Deslocação difícil: mas atenção não vale pensar no Bate Borisov!



Em momento particularmente feliz na época para o Vitória de Guimarães, não podemos relaxar e temos de manter a dinâmica da vitória, mas sem pensar no jogo de quarta feira para a Liga dos Campeões.

É esta a imagem que quero ver no domingo!



quarta-feira, 10 de Setembro de 2014

Fernando Gomes: O Bibota!


Em Setembro de 1974, Portugal vivia sob o clima tenso do pós-25 de Abril e o então Presidente da República, António de Spínola, haveria mesmo de se demitir no final do mês. Por momentos, o futebol não era o principal tema de conversa, mas, no Estádio das Antas, um avançado estreava-se de forma muito pouco silenciosa: aos 17 anos, Fernando Gomes fazia os dois golos da vitória frente à CUF (2-1), no arranque do Campeonato nacional 1974/75, e dava início a uma carreira que o tornaria no melhor marcador de sempre do FC Porto, com 347 golos a nível sénior e 800 em todos os escalões. “Vivi o momento de uma forma muito intensa, mas sem saber bem o que estava a acontecer. Com aquela idade, joga-se muito o jogo pelo jogo e era isso que fazia. Claro que fui muito apoiado pela equipa e pelos companheiros”, recorda o avançado a www.fcporto.pt. Dessa equipa do FC Porto, que haveria de terminar o campeonato na segunda posição (após ter concluído a primeira volta na liderança, com mais três pontos do que o Benfica), faziam parte Cubillas, António Oliveira e Rolando, com o brasileiro Aymoré Moreira como treinador. O “bibota” recorda-se especialmente do golo do 1-0, apontado aos 44 minutos, e aos 60 haveria de “bisar”: “O primeiro foi para o lado Norte, o segundo para o lado Sul. No primeiro fiz uma diagonal sem bola, houve um passe de ruptura e ganhei em velocidade ao defesa. Dei um toque e, com o guarda-redes pela frente, encostei para a baliza. O segundo terá sido num canto, penso que a bola sobrou para mim e rematei”. Fernando Gomes, que 40 anos depois continua ligado ao clube, tinha crescido nas camadas jovens azuis e brancas e, na temporada anterior, já tinha participado nos treinos da equipa principal, então treinada por Béla Guttmann. “Entendeu, e pelos vistos bem, que deveria ficar mais um ano nos juniores. Por um lado, não foi uma surpresa o que me aconteceu”, confessa. Durante quase 40 anos, Gomes foi o mais jovem marcador do FC Porto na história dos campeonatos nacionais, com 17 anos e nove meses. Esse recorde foi batido há menos de um mês por Rúben Neves, que abriu o marcador frente ao Marítimo (2-0), também na sua estreia competitiva nos seniores e na primeira jornada, aos 17 anos e 155 dias. “Na minha época o impacto das coisas não era o de hoje. A dimensão do clube e o mediatismo são incomparáveis”, reflecte o ex-avançado, que ainda faz uma “perninha” na equipa Vintage. Os dois golos lançaram a carreira de Fernando Gomes, que agarrou a oportunidade e “nunca mais” deixou fugir um lugar entre as principais escolhas. Ao longo de 13 épocas no FC Porto, arrecadou duas Botas de Ouro (daí a alcunha de “bibota”) e seis ‘Bolas de Prata’, bem como 13 títulos oficiais: uma Taça dos Campeões Europeus, uma Taça Intercontinental, uma Supertaça Europeia, cinco Campeonatos Nacionais, três Taças de Portugal e duas Supertaças, in www.fcporto.pt

quarta-feira, 3 de Setembro de 2014

Salários, e não sou contista!


Devo confessar: estou preocupado com a massa salarial do nosso FCP.

Na verdade, com tantas e excelentes contratações, nomeadamente as vindas da Liga Espanhola, há, vai haver, dinheiro pagar as obrigações salariais?

Respondam os contistas e os não contistas.

segunda-feira, 1 de Setembro de 2014

Jackson Martinez: e lá vão 9 pontos, primeiro lugar e 5 golos marcados.


O nosso FCP esteve emperrado na primeira parte: demasiado jogadores no meio campo, a pisar os mesmos espaços e uma só oportunidade, a de Danilo.

Ricardo Quaresma voltou, sem braçadeira de capitão, mas a jogar para equipa, mas pareceu-me triste. Ricardo, e por mim, tens sempre lugar!

A segunda parte: velocidade, Ruben Neves, Herrera e Quintero. E abriu-se a caixa de oportunidades e os golos.

Que grande jogador que é JMartinez, sagacidade, robustez, percepção de onde vai cair a bola e GOLOS!!! E, last bu not the least, ainda está tranquilo e não vai sair, pelo menos até Janeiro...

A lamentar, apenas a lesão de Óliver Torres!

E em que grande forma está MAICON!!!!!!!!

quinta-feira, 28 de Agosto de 2014

Liga dos Campeões

Temos um grupo acessivel.
Shakhtar, Atlético Bilbao, Bate Borisov.

Competencia e espirito de luta, e passaremos a fase de grupos.

Shakhtar da Ucrania...A Worrior tem coletes anti bala?...




Liga dos Campeões: a minha aposta!


A minha aposta para o sorteio de hoje às 16:30H :

Grupo acessível e que eu gostaria! :
- FC. Porto 
- Basileia
- Olympiakos
- Maribor
Grupo perfeitamente ao nosso alcance:
- FC. Porto 
- Schalke 04
- CSKA Moscovo 
- Ludogorets
Grupo complicado:
- FC. Porto
- Borussia Dortmund
- Ajax
- Mónaco
Grupo da "Morte" :
- FC. Porto
- Manchester City
- Bayer Leverkusen
- Roma

Concordam pessoal?





ClubeApuramentoÚltima participaçãoPresenças**2013/14***Melhor desempenho****
Pote 1
Real Madrid CFDetentor do troféu2013/1418VencedorVencedor (10 vezes)
FC Barcelona2º lugar, Espanha2013/1418Quartos-de-finalVencedor (4 vezes)
FC Bayern MünchenCampeão, Alemanha2013/1417Meias-finaisVencedor (5 vezes)
Chelsea FC3º lugar, Inglaterra2013/1412Meias-finaisVencedor (1 vez)
SL BenficaCampeão, Portugal2013/149UEL, finalista vencido*Vencedor (2 vezes)
Club Atlético de MadridCampeão, Espanha2013/144Finalista vencidoFinalista vencido (2 vezes)
Arsenal FC4º lugar, Inglaterra2013/1416Oitavos-de-finalFinalista vencido (1 vez)
FC Porto3º lugar, Portugal2013/1418UEL, quartos-de-final*Vencedor (2 vezes)
Pote 2
FC Schalke 043º lugar, Alemanha2013/146Oitavos-de-finalMeias-finais
Borussia Dortmund2º lugar, Alemanha2013/149Quartos-de-finalVencedor (1 vez)
JuventusCampeão, Itália2013/1414UEL, meias-finais*Vencedor (2 vezes)
Paris Saint-Germain FCCampeão, França2013/146Quartos-de-finalMeias-finais
FC Shakhtar DonetskCampeão, Ucrânia2013/149UEL, 16 avos-de-final*Quartos-de-final
FC Basel 1893Campeão, Suíça2013/145UEL, quartos-de-final*Oitavos-de-final
FC Zenit2º lugar, Rússia2013/144Oitavos-de-finalOitavos-de-final
Manchester City FCCampeão, Inglaterra2013/143Oitavos-de-finalOitavos-de-final
Pote 3
Bayer 04 Leverkusen4º lugar, Alemanha2013/148Oitavos-de-finalFinalista vencido (1 vez)
Olympiacos FCCampeão, Grécia2013/1415Oitavos-de-finalQuartos-de-final
PFC CSKA MoskvaCampeão, Rússia2013/147Fase de gruposQuartos-de-final
AFC AjaxCampeão, Holanda2013/1413UEL, 16 avos-de-final*Vencedor (4 vezes)
Liverpool FC2º lugar, Inglaterra2009/108N/DVencedor (5 vezes)
Sporting Clube de Portugal2º lugar, Portugal2008/095N/DQuartos-de-final
Galatasaray AŞ2º lugar, Turquia2013/1412Oitavos-de-finalMeias-finais
Athletic Club4º lugar, Espanha1998/991N/AQuartos-de-final
Pote 4
RSC AnderlechtCampeão, Bélgica2013/1410Fase de gruposMeias-finais
AS Roma2º lugar, Itália2010/117N/AFinalista vencido (1 vez)
APOEL FCCampeão, Chipre2011/122UEL, fase de gruposQuartos-de-final
FC BATE BorisovCampeão, Bielorrússia2012/133Segunda pré-eliminatóriaFase de grupos
PFC Ludogorets RazgradCampeão, BulgáriaN/A0"Play-off"N/A
NK MariborCampeão, Eslovénia1999/20001UEL, 16 avos-de-finalFase de grupos
AS Monaco FC2º lugar, França2004/055N/AFinalista vencido (1 vez)
Malmö FFCampeão, SuéciaN/A0UEL, terceira pré-eliminatóriaFinalista vencido (1 vez)


segunda-feira, 25 de Agosto de 2014

Ainda Ricardo Quaresma.

A questão colocada nos últimos dias mantêm a sua actualidade.

Tem Ricardo Quaresma lugar no plantel e na equipa do Fcp?

Os dados da equação são os seguintes:

1. É o capitão.
2. É o jogador mais talentoso do plantel.
3. É  um dos transportadores da mística.
4. Tem dificuldades em lidar com a não titularidade.
5. Adora o fcp, o clube que lhe permitiu voltar a ser o jogador único.
6. Fez falta em Pacos de Ferreira, após a saída de Tello.

Para mim, e não para o Soldado,  Ricardo Quaresma é IMPRESCINDÍVEL!

sábado, 23 de Agosto de 2014

Ganhar, ganhar, mesmo sem Ricardo Quaresma.

Acho mal não convocar o capitão.

Mas hoje não é dia para falar disso. O que importa é vencer em Paços de Ferreira!